segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Direto da Idade da Pedra... MAMUTE!

Criança gosta de aprender sobre a história, ciências e a natureza. Mostrar para os pequenos quem foram os habitantes do Planeta Terra ao logo dos seus bilhões de anos é super divertido e faz com que as crianças aprendam a gostar de aprender.... Porque aprender é muito legal!

Uma das formas de ensinar sobre os mamutes é fazendo um. Brincar com um mamute é super divertido! Mas, claro, é importante contar um pouco sobre a Idade da Pedra, os Homens das Cavernas e como era o nosso Planeta naquela época.

Para fazer um mamute, você vai precisar de garrafas PET, caixas de leite, jornais ou revistas, fita adesiva, cola quente, papel pardo, grude (cola feita a base de farinha e água), tinta a base de água e pelo sintético (comprado em qualquer loja de tecido).

Primeiro passo é encher as caixas de leite com jornal ou revista para que fiquem duras e não deformem ao sentar, já que o mamute é um banco. Monte de acordo com a imagem e vá amassando as pontas para que o mamute fique curvo. Na cabeça, coloque papel amassado, assim como na tromba. Não gosto de usar arames porque é para crianças e pode machucar. O papel com fita da a forma. Claro que ficaria mais firme, mas não vai durar muito de qualquer forma, já que as crianças irão adorar e brincar muito.




 As presas também são feitas somente de papelão. Mesmo sabendo que irá rasgar logo, é mais seguro.


Observe se a sua montagem ficou parecida com alguma gravura do mamute. Assim que ficou pronto, de uma demão de grude (tecnica da papietagem) com papel pardo.



Ao secar, faça os detalhes dos olhos e das orelhas. De mais uma demão de grude com papel pardo (tecnica da papietagem) por todo o animal.




Ao secar, pinte as patas de marrom com tinta a base de água e as presas de cor clara. Pinte os olhos e cole o pelo por todo o animal. Irá ficar bem real e a criança pode ter um banco-mamute para brincar e aprender sobre a Idade da Pedra.



Bom trabalho! Ciências é tudo!
Capricho também!



Nenhum comentário:

Postar um comentário